sábado, junho 17, 2017

Novo Volkswagen Polo deve ter produção gradual na fábrica de São Bernardo do Campo (SP)


A Volkswagen enfim apresentou a sexta geração do Polo na Europa. Previsto para começar a ser produzido no Brasil no segundo semestre de 2017, o hatch teria atrasado sua produção em São Bernardo do Campo (SP). Antes agendado para 1º de julho passou para 1º de setembro. Segundo o site UOL Carros, a produção do Polo passaria de 30% da capacidade em outubro e cresceria até os 100% em novembro. Por se tratar de uma plataforma totalmente nova (A MQB-A0 é mais simples que a MQB), as primeiras unidades seriam produzidas para pegar ritmo de produção. O novo Polo conta com 4,05 metros de comprimento, 2,56 metros de entre-eixos, 1,75 metro de largura e 1,45 metro de altura, com porta-malas de 351 litros, um ganho de 71 litros em relação a quinta geração. Segundo a Volkswagen, o atual Polo se equivale ao Golf 4 de 1998 em termos de dimensões. Feito sobre a plataforma modular MQB-A0, o Polo conseguiu ficar maior, mas seu design deixa com a sensação dele ser maior do que realmente é. Apresentado como um "mini-Golf", o Polo 2018 se destaca faróis dotado de lentes complexas, projetores de LED, LEDs diurnos envolventes e carroceria com formas equilibradas e lanternas compactas. No interior o Polo surpreende ao trazer um padrão muito superior ao do modelo anterior e pode ser equipado com instrumentação digital e configurável, além de uma tela de 8 polegadas integrada ao desenho do painel. O parte central tem acabamento na cor do carro ou personalizado, com os difusores de ar centrais posicionados mais abaixo. No Brasil ele deve ser vendido com motores 1.6 16v MSI Flex de 120/110cv de potência e 1.0 12v TSI de 125/116cv de potência acoplado com câmbio manual de 6 marchas ou automático de 6 velocidades Tiptronic. Os preços devem ficar entre R$60.000 a R$80.000.


Fonte: UOL Carros

Nenhum comentário:

Postar um comentário