quarta-feira, setembro 28, 2016

Toyota lança a série especial Ready! para o Etios Hatch por R$59.600 no Brasil para buscar o jovem


A Toyota está buscando o consumidor jovem no mercado brasileiro com as novas séries especiais. O Corolla ganhou recentemente a série Dynamic e agora o Etios Hatch passa a receber a série especial Ready!. Baseado visualmente no Etios Platinum e no conteúdo com base no XS, o Ready! traz novidades visuais na dianteira com nova grade e o para-choque com desenho diferenciado que estreiou no Platinum. Há detalhes pintados na cor da carroceria, novos frisos nas laterais e adesivo na coluna “C” que identifica a versão. Há também frisos laterais, sensor de estacionamento traseiro e mais itens de conforto, como a central multimídia Toyota Play com DVD, TV Digital e GPS, bolsa organizadora no porta-malas e porta-bolsas no encosto do banco dianteiro. Ele deve ser vendido nas cores Prata Premium e Vermelho Fúria e serão produzidas 250 unidades por mês. Ele é equipado com motor 1.5 16v VVT-i Flex que desenvolve 107/102cv de potência com torque de 14,7/14,3kgfm e câmbio automático de 4 velocidades. Ele deve estar disponível a partir de Outubro nas concessionárias da Toyota.


Preço

  • Toyota Etios Hatch Ready! 1.5 16v VVT-i Flex AT4 - R$59.600



Honda começa a vender nos EUA pela primeira vez o Civic Hatch, com preço inicial de US$19.700


A Honda está lançando oficialmente o Civic Hatch nos EUA. O hatch médio passa a ser vendido no mercado norte-americano vindo do Reino Unido para concorrer com Volkswagen Golf, Hyundai Elantra GT, Ford Focus, Chevrolet Cruze Hatch, entre outros. Ele passa a ser vendido nas versões LX, Sport, EX, EXL, Navi e Sport Touring. O preço inicial do hatch é de US$19.700. Todas serão equipadas com o novo motor 1.5 i-VTEC Turbo de injeção direta, de 174cv. Na versão Sport Touring, o sistema de escape modificado faz a potência aumentar um pouco, chegando a 180cv. As transmissões serão manual de seis marchas ou automática CVT, de acordo com a versão. O hatch ainda deve ser base para a versão Type R, que contará com motor 2.0 16v i-VTEC Turbo de 300cv de potência. O Civic Hatch chega a Europa no início de 2017 e ainda não se sabe se ele será oferecido ao mercado brasileiro. Destaque especial para o caimento de teto diferenciado e lanternas triangulares e pontiagudas. Internamente, o Civic Hatch 2017 promete ser referência no segmento em capacidade no porta-malas e espaço para pernas (91 centímetros). Em termos de equipamentos, os destaques são o sistema multimídia Honda Display Audio com Apple CarPlay e Android Auto, bancos com aquecimento, assento do motorista e do passageiro com ajustes elétricos, ar-condicionado de duas zonas e partida remota do motor. O modelo Sport Touring traz itens como pedais em alumínio, iluminação ambiente e sistema de som premium com 12 alto-falantes e 540 watts de potência.



Kia Carens ganha discreto face-lift para se manter moderno durante o Salão do Automóvel de Paris


A Kia está apresentando novidades de meia vida para a atual geração do Carens. Além de mudar o Soul, o Carens recebe novidades muito sutis. Com aparição marcada para o Salão do Automóvel de Paris, a minivan média da Kia ganha nova grade frontal ‘tiger-noise’ mais ampla e integrada aos faróis, novos para-choques, faróis de neblina dianteiros horizontais com suporte redesenhado, rodas de liga leve aro 16″, 17″ e 18″ com novo desenho e uma pintura externa inédita (Mysterious Blue). Oferecida com opção de cinco e sete lugares, a Carens trouxe novidades no interior também, como: novos revestimentos em preto ou bege (tecido ou couro), apliques imitando fibra de carbono no painel e detalhes de acabamento preto brilhante em diferentes partes da cabine. A lista de equipamentos agrega um nova tela multimídia de 7″ com câmera traseira, Apple CarPlay e Android Auto. Entre os itens de série, destaque para o monitor de pontos cegos, alerta de tráfego traseiro e reconhecimento de sinais de trânsito para alertar sobre a velocidade máxima permitida na via. A mecânica não recebeu grandes novidades, a não ser pela introdução do “Eco Pack” para o motor 1.7 diesel que desenvolve 114cv de potência.


Alfa Romeo apresenta a versão Veloce do Giulia, versão esportivada para o Salão do Automóvel de Paris


A Alfa Romeo está apresentando novidades para o Giulia no Salão do Automóvel de Paris. O evento que vai do dia primeiro ao dia dezesseis de Outubro deve contar com o Giulia Veloce, versão esportivada do sedã grande. Sim, esportivada. Com apelo esportivo, a versão conta com motor Turbo a gasolina ou diesel com transmissão automática de 8 velocidades e sistema de tração Q4. O Veloce é equipado com motor 2.0 16v Turbo que desenvolve 280cv de potência com torque de 40,8kgfm a gasolina e o 2.2 16v Turbo Diesel que desenvolve 210cv de potência e 47,9kgfm, a diesel. Outra novidade é a versão AE (Advanced Efficiency), variante mais eficiente da linha, equipada com um motor 2.2 turbodiesel de 180 cv, com válvula de baixa pressão de recirculação dos gases de escape, circuito auxiliar de arrefecimento, intercooler de ar-água e câmbio com novo ajuste. O modelo usa ainda pneus de baixa resistência ao rolamento. Segundo dados da marca, o Giulia AE entrega consumo médio de 23,8km/l e emissões de CO2 de 99g/km. Quanto ao desempenho, a aceleração de 0 a 100km/h é feita em 7,2 segundos, enquanto a velocidade é limitada a 230km/h.



Ferrari apresenta GTC4 Lusso T motor V8 Turbo de 610cv para a versão de "entrada" no Salão de Paris


A Ferrari está apresentando a versão mais em conta do GTC4 Lusso, a GTC4 Lusso T, que deve ser apresentada no Salão do Automóvel de Paris. A versão de entrada do superesportivo de quatro lugares passa a contar com um motor V8 Turbo e tração traseira. O motor é derivado da 488 GTB e desenvolve 610cv de potência com torque de 77,5kgfm, acoplado a um câmbio automatizado de 7 velocidades e dupla embreagem. As curvas de torque variam entre a terceira e a sétima marcha, para trazer a sensação de aceleração intensa em alta velocidade. Segundo a Ferrari, com esse motor o GTC4 Lusso T acelera de 0 a 100km/h em 3,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 320km/h. Para efeito de comparação, a variante é apenas 0,1 segundo mais lenta que o modelo aspirado e tem velocidade máxima inferior em 15km/h. O conjunto inclui ainda o sistema 4WS de esterçamento das rodas traseiras, que funciona em conjunto com o Side Slip Control (SSC3) para permitir entradas e saídas mais “agressivas” em curvas. No visual, a Ferrari GTC4 Lusso T segue a mesma linhagem do modelo aspirado, com direito apenas a rodas exclusivas. No interior, há um sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de 10,25 polegadas e espaço para quatro pessoas.



Site faz nova projeção de como deve ficar a sétima geração do Ford Fiesta, que estreia em 2017


O quarentão Fiesta tem tudo para ser considerado o automóvel principal da Ford. Prestes a ganhar sua sétima geração, o hatch compacto norte-americano ganhou mais uma projeção, dessa vez da revista italiana Quattroruote. Chegando a sua sétima geração, o Fiesta começou a rodar na Europa com menos camuflagem, o que pode apresentar detalhes de sua carroceria definitiva, que deve ser uma evolução do modelo atual. Pela primeira vez ele pode ter mais de 4 metros de comprimento, para melhorar o seu entre-eixos e consequentemente o seu entre-eixos. Fala-se ainda que para mercados emergentes, o Fiesta deverá ser um pouco maior que o modelo que será vendido na Europa e nos EUA, por exemplo. Mas ainda assim o design externo seria idêntico. Entre outras novidades, destaque para o porte superior ao atual e o amadurecimento das linhas. A frente seguirá com faróis estreitos e espichados, além da grade estilo “Aston Martin”, porém com um conjunto mais sóbrio que aproximará o modelo do irmão maior Focus. Já na traseira as lanternas deixarão de ser verticais, passando a ser horizontais e com uma parte adentrando a tampa do porta-malas. Nas laterais, as portas serão maiores, aproveitando a ampliação da distância entre-eixos, o que favorecerá o espaço interno (hoje tão criticado). Na maioria dos países onde é vendido, cobra-se um acabamento interno de maior qualidade e a Ford deve responder a essa demanda com materiais de melhor qualidade. Em termos de equipamentos, o Fiesta 2017 vai incorporar novos assistentes de condução e o sistema de entretenimento SYNC 3 com conexão Apple Car Play e Android Auto.


Audi A8 ganha reajuste de preços de até R$58.800 com a chegada da linha 2016 ao mercado brasileiro


A Audi está reajustando os preços do A8 no mercado brasileiro. O sedã de luxo alemão conta com novos preços nas três versões. Com o fim do estoque das unidades 2015, a Audi passa a vender a linha 2016 com reajustes que ficam entre R$35.800 a R$58.800. A variante 6.3 Longo FSI Tiptronic Quattro de 500 cv foi a que sofreu maior aumento. O valor do carro em agosto era de R$780.190 e pulou para R$838.990 - reajuste de 8%. As versões 3.0 e 4.0 tiveram seus preços reajustados em 8% e 7%, respectivamente. Em 2014 o sedã trouxe as últimas novidades mais relevantes. O A8, um dos primeiros Audi a desembarcar no Brasil em 1994, inaugurou um novo visual com novos faróis com 5 conjuntos individuais de LEDs, com funcionamento independente. Os faróis ainda trazem tecnologia, pois se algum veículo seja detectado à frente, os fachos individuais podem seletivamente se apagar, para evitar ofuscamento do outro condutor que vem no sentido oposto. Com 5,26m de comprimento (13cm maior que o antigo A8 vendido por aqui) e 3,13m de entre-eixos, o face-lift do A8L deu um bom upgrade no visual do sedan. Entre as tecnologias dessa mudança do A8 estão nos sistemas como a detecção de pessoas no escuro, direção eletromecânica mais precisa e econômica e suspensão a ar. A versão mais em conta vem com o motor 3.0 V6 TFSI que rende 310cv de potência, capaz de ir no 0 a 100 km/h em 5,9 segundos, com velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 km/h. Já a topo de linha vem com o motor 6.3 W12 FSI que rende 500cv de potência e torque de 63,8kgfm de força e vai de 0 a 100 km/h em apenas 4,6 segundos, ambas versões com o câmbio automático de 8 velocidades.


Tabela de Preços

  • A8 3.0 Longo TFSI Tiptronic quattro - R$511.990 (aumento de R$35.800)
  • A8 4.0 TFSI Sedan Tiptronic quattro - R$599.990 (aumento de R$40.800)
  • A8 6.3 Longo FSI Tiptronic quattro - R$838.990 (aumento de R$58.800)

Hyundai apresenta no Salão de Comerciais Leves de Hannover a H350 movida a hidrogênio


A Hyundai está apresentando no IAA Commercial Vehicle de Hannover, na Alemanha, a H350 Fuel Cell. O modelo movido a hidrogênio foi feito especialmente para transporte e encomendas no meio urbano. A H350 Fuel Cell conta com células de combustível, como o nome diz, com quatro tanques pressurizados de 700 bar e diversos sistemas de gerenciamento do combustível e propulsão. O furgão conta com o motor elétrico que desenvolve 136cv de potência com torque de 30,6kgfm, que pode alcançar a velocidade máxima de 150km/h com uma autonomia de 422km com 175 litros de hidrogênio, abastecidos em quatro minutos. A van conceitual da Hyundai tem ainda baterias de lítio de 24 kWh. Além da versão furgão, há também uma opção de passageiros com 14 assentos, além do motorista.



Primeiro fruto da união de Fiat e Chrysler, Dodge Dart deve deixar de ser produzido neste mês


Considerado o primeiro automóvel lançado após o casamento Fiat e Chrysler, o Dodge Dart chegar ao fim de linha em um tom melancólico. O sedã médio norte-americano foi uma tentativa de trazer de trazer de volta o nome Dart a tona, mas parece que não agradou ao mesmo modo que Toyota Corolla e Honda Civic nos EUA. Conforme explica a imprensa norte-americana, o fim da produção do modelo (já previsto há alguns meses) deve finalmente se concretizar nas próximas semanas. O carro foi lançado na América do Norte em meados de 2012 e sai de linha por não corresponder às expectativas da FCA quanto à performance comercial. Desenvolvido sobre a mesma plataforma do Alfa Romeo Giulietta, o Dart tinha uma missão muito difícil para um grupo que beirou a falência e que causou incertezas sobre a parceria com a Fiat. No entanto, a tarefa nunca foi cumprida com êxito e no melhor ano de vendas, 2015, apenas 87.392 unidades foram emplacadas – números distantes das cifras dos rivais, que somam anualmente entre 200.000 e 300.000 emplacamentos. Com a saída do Dodge Dart, a FCA deve focar mais no segmento de SUVs nos EUA, o que também levou a FCA a retirá-lo de linha precocemente, assim como o Chrysler 200.


terça-feira, setembro 27, 2016

Audi divulga novos teaser da nova geração do Q5, antes de apresentá-lo oficialmente no Salão de Paris


A Audi apresentou o último teaser da segunda geração do Q5 antes de apresentá-lo ao público no próximo dia 29, que antecede a abertura do Salão do Automóvel de Paris. Depois de divulgar um teaser da traseira, a marca apresenta agora as primeiras imagens da dianteira e do interior da novidade. Conforme já era previsto, as linhas remetem diretamente ao grandalhão Q7, com traços mais maduros na comparação com o modelo atual. O objetivo é rivalizar diretamente com os compatriotas BMW X3 e Mercedes-Benz GLC. As linhas serão evolutivas e alinhadas com lançamentos recentes, com forte inspiração no irmão maior Q7. Ele deve ser construído sobre a nova plataforma MLB EVO do Grupo Volkswagen e deve perder cerca de 100kg em comparação com o modelo atual. A gama de motores será composta por diversas opções a gasolina e a diesel, incluindo um moderno 3.0 TDI tri-turbo com potência superior a 350 cavalos. Uma inédita versão híbrida também está nos planos. O investimento será feito pela Audi na planta que está sendo erguida no México e será o único país no mundo a produzir a nova geração do Q5, tornando-se um polo exportador. Dessa forma, o SUV que hoje é importado de Ingolstadt, na Alemanha, chegará ao Brasil sem pagar imposto de importação.